Vestibular UEL: aprenda o poder do sabão e álcool para matar os vírus e ir bem na prova de química

Polaridade e apolaridade explicam os motivos dos produtos destruírem os vírus. Professores de química apostam que esse será um dos assuntos da prova do vestibular.

 

Desde o início de 2020, bilhões de dólares foram investidos, cientistas do mundo se dedicam na busca por uma vacina ou remédio eficaz contra o coronavírus, ao mesmo tempo em que sabemos que a água, sabão e o álcool são os produtos mais eficazes para matar o vírus.

No começo da pandemia, o álcool chegou a faltar nas prateleiras devido à grande procura. Mas como será que o sabão e o álcool matam o vírus e ajudam a diminuir a transmissão da Covid-19?

A professora de química Ana Paula Andrade explica o poder da polaridade e da apolaridade nestes produtos.

Esse é um dos assuntos que pode cair na prova do vestibular da Universidade Estadual de Londrina (UEL), marcada para o dia 30 de maio.

“O vírus e a gordura são apolares, eles têm sua apolaridade. Qualquer molécula na química interage com outra molécula a partir da propriedade chamada polaridade. Ou seja, moléculas polares reagem com moléculas polares, e apolares com apolares. Então, quando você está lavando as mãos, pega o sabão e faz a espuma, a parte apolar do sabão interage com a gordura e com o envelope do vírus, ficam juntinhos. No momento em que você abre a torneira e joga água sobre a mão, a gordura e o vírus escorrem junto, porque o vírus está grudado no sabão”, explicou a professora de química.

Quando não é possível lavar as mãos usamos álcool gel. O professor Gabriel Diego Moreira explica bem detalhado como o vírus morre após entrar em contato com o produto.

“O princípio do álcool é parecido com o do sabão, o sabão é mais eficiente. O álcool vai desestruturar as proteínas que compõe o envelope do vírus e de outros micro-organismos, como bactérias e alguns fungos. O álcool também vai retirar lipídeos desse envelope, o vírus vai se desestabilizar. Vai permanecer onde estava, mas ele não vai te infectar”, detalhou o professor.

O recado dos professores é bem simples: para passar no vestibular da UEL é importante estudar sobre polaridade e apolaridade e continuar lavando as mãos e usando álcool gel, quando necessário.

fonte: https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/educacao/vestiba/2021/noticia/2021/05/17/vestibular-uel-aprenda-o-poder-do-sabao-e-alcool-para-matar-os-virus-e-ir-bem-na-prova-de-quimica.ghtml